The Onion ironiza Netflix

O The Onion, grupo humorístico dos EUA, criou uma paródia da Netflix em seu The Onion News Network.

Nesta falsa reportagem eles anunciam um novo plano da empresa, mais barato e com acesso à função mais popular da Netflix: navegar pelos títulos sem escolher nada para assistir!

Veja o vídeo a seguir (áudio e legendas em inglês, 1:20s), com a transcrição do áudio em inglês e português.

Netflix Introduces New 'Browse Endlessly' Plan


Transcrição em inglês
In tech news, media streaming giant Netflix announced its new payment plan this week which offers users the option to just browse endlessly without watching any videos.

According to CEO Reed Hastings, quote, for just five dollars a month we're giving customers affordable access to Netflix's most popular function: scrolling through our robust library of titles and posters without ever deciding on a single one.

The new plan will allow users to add titles to their queue that they'll never watch and will still give customers helpful recommendations for what else to browse.

In addition to the "browse endlessly" plan Netflix has hinted that it will add up to 1,000 additional movies you've never heard of and TV shows that you kind of want to watch but not if there's something better on.

Side Effects director Steven Soderbergh said "Netflix's new plan is perfect for the person who heard my movie was pretty good a few years ago and would like to see it but not enough to actually sit down and watch it".

Some Netflix users have already signed up for the new plan.

8 dollars a month was too much, especially since I was just watching the first 10 minutes of movies before turning them off to go browse more.

The "browse endlessly" plan makes it so easy for my husband and I to never agree on a movie, argue how we've ruined a perfectly nice night and then sit in silence.

And responding to other popular viewing habits Netflix's ruling out the "two titles plan": for six dollars a month you can just watch "Breaking Bad" and "Mission: Impossible - Ghost Protocol".

When we come back: could dolphins be sensing cancer and just not saying anything?


Transcrição em português
Em notícias de tecnologia, a gigante de streaming Netflix anunciou nesta semana o seu novo plano de assinatura, que oferece aos usuários a opção de simplesmente navegar indefinidamente sem assistir a vídeos.

Segundo o diretor Reed Hastings: "por apenas cinco dólares ao mês, disponibilizamos de modo acessível aos assinantes a função mais popular da Netflix: percorrer nossa robusta biblioteca de títulos e cartazes, sem nunca escolher nada.

O novo plano vai permitir aos usuários adicionar à sua fila títulos que nunca assistirão, e ainda dará aos clientes recomendações úteis sobre o que mais navegar.

Além do plano de "navegar infinitamente", a Netflix indicou que irá adicionar até 1.000 novos filmes que você nunca ouviu falar e programas de TV que você meio que queria assistir, mas só se não tiver algo melhor.

O diretor de Terapia de risco, Steven Soderbergh, disse que "o novo plano de Netflix é perfeito para quem há alguns anos ouviu dizer que meu filme era muito bom e gostaria de assisti-lo, mas não o suficiente para realmente sentar e vê-lo".

Alguns usuários da Netflix já se inscreveram no novo plano.

8 dólares por mês era muito, especialmente porque eu só via os primeiros 10 minutos de um filme antes de parar e voltar a navegar.

O plano "navegar infinitamente" torna muito fácil para o meu marido e eu nunca chegarmos a um acordo sobre um filme, discutir como arruinamos um noite perfeita e, em seguida, sentarmos em silêncio.

E respondendo a outros hábitos televisivos populares, a Netflix descartou o plano "dois títulos": por 6 dólares ao mês, você pode assistir apenas a "Breaking Bad" e "Missão: Impossível - Protocolo Fantasma".

Quando voltarmos: poderiam os golfinhos estarem detectando câncer e simplesmente não dizer nada?

5 comentários:

  1. :O Eu pensava que só eu vazia isso! kkkkk

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkk, a opinião do Steven Soderbergh foi ótima, mas a mulher defendendo o plano para não discutir com o marido foi o melhor :)

    ResponderExcluir
  3. Verdade mesmo, horas olhando o catalogo

    ResponderExcluir
  4. Gostei, bem sacado, pois as vezes isso acontece mesmo.

    ResponderExcluir
  5. '8 dólares por mês era muito, especialmente porque eu só via os primeiros 10 minutos de um filme antes de parar e voltar a navegar.' as vezes é bem assim mesmo,

    ResponderExcluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.