Ganhe 1 ano de Netflix grátis!

Atualização de 04/03/2018


Chegou hoje um novo episódio de:
(2018) Joel McHale Show com Joel McHale (3 eps., 1 novo)

O catálogo da Netflix no Brasil possui hoje:
3.095
filmes
+1.000
séries
= 4.095
títulos
 
+29.375
episódios
=32.470
vídeos
3.095 filmes cobrindo 9 décadas:
1920-1929:     1 ( 0%) =
1940-1949:    15 ( 0%) =
1950-1959:     1 ( 0%) =
1960-1969:     8 ( 0%) =
1970-1979:    14 ( 0%) =
1980-1989:    52 ( 1%) =
1990-1999:   147 ( 4%) ===
2000-2009:   451 (14%) ========
2010-2018: 2.406 (77%) =======================================
1.000 séries (considerando o ano do ep. mais recente de cada série) cobrindo 7 décadas:
1940-1949:     1 ( 0%) =
1960-1969:     1 ( 0%) =
1970-1979:     2 ( 0%) =
1980-1989:     7 ( 0%) =
1990-1999:    28 ( 2%) ==
2000-2009:   133 (13%) =======
2010-2018:   828 (82%) ==========================================

Obs.: estas informações foram obtidas com a Netflix e não posso garantir que sejam precisas. Títulos listados como "novos" poderiam já estar disponíveis, mas só foram detectados por meu software recentemente. Ao pairar o cursor do mouse sobre um título serão mostradas informações sobre o mesmo. Paire o cursor do mouse sobre o balão para ver os idiomas das legendas. Os links dos títulos apontam para o site da Netflix, e para abrí-los é preciso ser cadastrado e ter feito o login. Informações alteradas após esta publicação não serão atualizadas, confira a página principal do blog ou o site da Netflix para informações atuais.

5 comentários:

  1. Hoje, Domingo, poderia ter vindo pelo menos um filme, mas tudo bem :)

    ResponderExcluir
  2. Ricardo, fiquei sabendo que em 2019 a Disney vai ter seu próprio serviço de streaming, e por conta disso suas produções serão tiradas da Netflix, teria como você fazer uma lista só com as produções da Disney que estão na Netflix, para podermos ir assistindo com calma durante o ano?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixe, a coisa tá ficando estranha :(
      Eu fiquei muito decepcionada com a Netflix pois a Televisa (mexicana) criou seu próprio serviço, o Blim e retirou todo seu material da Netflix, mas o que me deixou mais chateada foi o fato de a Netflix tirar as novelas de outras nacionalidades também, que nada tinham a ver com a Televisa como as colombianas, venezuelanas, argentinas... Sim, era um amontoado de dramalhões risíveis, mas me ajudava muito a manter o idioma em dia, pois muitas delas não eram dubladas e podíamos deixar sem legendas, e rir nunca é demais. A Televisa ainda fez o favor de não disponibilizar o Blim no Brasil, e hoje, de acordo com rumores, o serviço não deu muito certo, mas ao invés de voltar com o conteúdo para a Netflix, vai mandar para a Amazon. Parece que todos estão contra a Netflix. Eu não assino nenhum outro desses serviços, vou continuar aqui e ver no que dá.

      Excluir
    2. iBerger, até onde eu saiba isso é válido apenas para o catálogo dos EUA. Os títulos da Disney na Netflix em outros países não devem ser afetados (ao menos até a Disney expandir para essas regiões).

      Flávia, o sucesso da Netflix é o culpado pela saída de tantos títulos de terceiros de seu catálogo. Ao verem seus títulos fazendo sucesso na Netflix, os estúdios acreditam que podem ganhar mais fazendo o streaming eles mesmos. Com isso aumenta muito a fragmentação do mercado de streaming, e num primeiro momento os assinantes da Netflix perdem com isso ao ter que assinar outros serviços para ver mais títulos (muitos que já estavam na Netflix). Se muitos outros títulos também ficarem disponíveis em outros serviços (Amazon, Disney, etc.), talvez seja bom para os consumidores (que estejam dispostos a pagar por isso).

      Excluir
    3. Obrigada pela resposta, Ricardo. Eu sempre estive disposta a pagar pelo Blim, que nunca chegou sem descartar a Netflix. Se realmente as novelas da Televisa forem para a Amazon eu vou assinar o serviço, mas apesar da decepção com a Netflix, ainda acho desvantagem cancelar a assinatura. Não dá pra negar que ainda tem muitos títulos bons, e os que saíam, sempre voltavam, (bom, fiquei muito tempo afastada do blog e não sei se a volta de títulos foi diminuindo muito) mas assinar vários ao mesmo tempo, no meu caso não compensa, só assinarei mais um. Ficarei com a Netflix, afinal sou assinante desde o primeiro dia dela no Brasil, :)

      Excluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.