Ganhe 1 ano de Netflix grátis!

Vídeos a expirar até 1º de setembro

Hoje a Netflix passou a publicar a data de "fim da disponibilidade" de vários títulos em seu site. Todos os 704 vídeos listados aqui anteriormente com expiração em 1º de setembro agora têm a data de fim da disponibilidade "confirmada" (ou seja, sairão da Netflix em até 7 dias).

Battlestar Galactica - Disponibilidade: Até 01/08/2012

Se a Netflix realmente renovou/vai renovar a licença desses títulos, certamente estão prestando um péssimo serviço aos assinantes ao divulgar o contrário...

Aproveitem o final de semana para assistir a algo que não sabemos se será renovado ou não.

18 comentários:

  1. Fechei hoje de manhã a primeira temporada da propria série desse post.

    Rapaz, se eles não renovarem a Battlestar será um chute nos proprios pés.

    ResponderExcluir
  2. Some-se isso aos 160 que expirarão no mês que vem.

    ResponderExcluir
  3. Pior é que sairão classicos e como contrapartida vão entrar programas de tv aberta de qualidade altamente duvidosa,o netflix Br esta regredindo!

    ResponderExcluir
  4. Vários Hitchcock, Tarantino, Coppola, clássicos saindo... Se não voltarem, cancelarei imediatamente!

    ResponderExcluir
  5. Parece que a Netflix está tentando se adaptar às cotas de conteúdo nacional impostas pela nova lei da TV por assinatura. Isso, e mais a entrada de conteúdo da Fox, parece que extrapola a capacidade da Neflix e eles estão deixando equivocadamente de renovar muita coisa boa em prol de material no mínimo duvidoso como Pãnico na TV, programa que pode ser assistido sem problemas na TV aberta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez... mas lembro ter lido em algum lugar que a Netflix talvez não se encaixasse na categoria de TV por assinatura. E pelo que li da nova lei (muito pouco, e apenas em matérias de alguns sites), a lei exige 3h30 semanais de programação nacional em horário nobre (18h às 22h), o que não faz sentido em um sistema de vídeo on demand...

      Excluir
    2. Não se enquadra na Lei da TV Paga (SeAC).

      Mas segundo matéria do Valor Online, intitulada "Vídeo sob demanda terá imposto", tem que recolher a Condecine, no valor de 3 mil reais por título estrangeiro disponível no catálogo.

      http://www.secom.gov.br/sobre-a-secom/acoes-e-programas/comunicacao-publica/clipping/agosto-2012/clippingsecom-midia-10-de-agosto-de-2012/at_download/file

      Excluir
  6. Tenho certeza que a audiência da netflix agradece a todos que fazem maratona para ver seu filme que "vai sair do catalago"...coisa que eu duvido.Puro marketing.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Audiência? Esta viajando com isso. Netflix não exibe propaganda.

      É justamente o contrário. Quando mais gente assistindo é pior para ela pois exige mais largura de banda dos servidores.

      Excluir
    2. Veja o link antes de dizer que eu viajo http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/netflix-aumenta-audiencia-de-programas-na-tv-diz-executivo

      Excluir
    3. Segundo Ted Sarandos, chief content officer da Netflix, ao contrário das emissoras de TV, onde a audiência de um programa cai a cada semana, na Netflix ela cresce.
      http://www.digilab.com.br/noticias/conteudos-disponiveis-na-netflix-ganham-mais-espectadores-na-tv/

      Excluir
    4. As matérias citadas fazem referência ao discurso da Netflix de que a mesma não compete diretamente com canais "tradicionais" de TV, e que, ao invés disso, pode até mesmo alavancar a audiência de temporadas atuais de séries em TV aberta ou paga (quando a Netflix oferece as temporadas antigas).

      Acredito que esse discurso começou quando alguns canais começaram a ver a Netflix como concorrente e não licenciaram mais temporadas de programas, como Dexter: http://gigaom.com/video/showtime-netflix/

      O problema é que a maioria dos canais já estão planejando (ou pensando em) oferecer seu próprio sistema on-demand, o que pode tornar a Netflix um real competidor direto.

      Excluir
    5. Essa matéria não tem na haver com a Netflix estar colocando a data de expiração nos títulos por marketing.

      Ali diz que a Netflix pode estar aumentando a audiência da TV. Procurou no google "Netflix + audiência" e achou esta matéria sem relação ao que esta sendo discutido.

      Excluir
  7. Netflix não é TV, ão necessita de concessão de TV para funcionar, e as cotas não se aplicam à ela.

    ResponderExcluir
  8. Ninguém tá obrigado vocês a continuarem pagando não, cancelem logo. Enquanto isso eu assisto aqui nas novidades que a Netflix publica semanalmente e que vocês nem prestam atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal ver o conformismo de certas pessoas. Se cancelarem 90% do conteúdo atual e capaz de aplaudir a decisão e renovar a assinatura com louvor.

      Excluir
    2. Se nesses 10% ainda tiverem coisas que eu gosto, continuarei assinando. Cada um fala aqui do seu próprio gosto "ah se tirarem tal coisa é um tiro no pé". Quero ver coisa nova, não ver minha série favorita que já vi na tv.

      Excluir
  9. Vi uma notícia que o GOverno vai começar a cobrar impostos dos sites de streaming, ou seja, talvez aumente a mensalidade...

    ResponderExcluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.