Anatel exige melhoria de provedores de acesso

Os provedores de acesso à Internet no Brasil (via banda larga ou celular), a partir de hoje, precisam atender a vários padrões de qualidade estabelecidos pela Anatel.

Por exemplo, os provedores de banda larga, que normalmente garantem apenas 10% da velocidade contratada, agora são obrigados a fornecer pelo menos 20% da velocidade quando a medição é "instantânea" (mediana dos valores de velocidade das amostras coletadas em cada medição), mas na média mensal, o mínimo fornecido deverá ser 60%. Com o tempo, esses valores serão aumentados.

Eis os prazos e valores de referência estabelecidos:
A partir deTaxa Instantânea MínimaTaxa Média Mínima
11/201220%60%
11/201330%70%
11/201440%80%
Quer testar sua conexão agora? Experimente o Simet, ou Sistema de Medição de Tráfego de Última Milha (requer Java). Ele informa métricas da sua conexão, como latência, jitter e velocidade de protocolos TCP e UDP. Mas certifique-se de que não há ninguém baixando nada ou fazendo streaming (como pela Netflix) em sua rede antes de fazer o teste.

Para mais informações, consulte as fontes abaixo.

Fontes: GizmodoG1, Anatel.

11 comentários:

  1. RESUMO DOS RESULTADOS
    VELOCIDADE: 9.5 Mbit/s
    LATÊNCIA: 43 ms Bom!
    PERDA DE TRÁFEGO: 0.00% Bom!
    BANDA CONTRATADA: 0 kbit/s

    Razoável, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende, Lucas - qual foi a velocidade contratada?

      Aproveite para dizer qual é sua cidade e o provedor testado.

      Excluir
    2. Moro em Nova Era, MG. Minha velocidade contratada é 11.5 Mbit/s da Oi Velox.

      Excluir
  2. Tem também a ferramenta de medição da Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga - EAQ, oficial da Anatel: http://www.brasilbandalarga.com.br/index.php/speedtest

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal. Mas deu praticamente o mesmo resultado do Simet.

      Excluir
  3. a minha é 2 mega como fica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não importa a velocidade contratada: os provedores agora devem fornecer aos usuários, no mínimo, os valores mostrados na tabela do artigo.

      Ou seja, se você contratou 2Mb, seu provedor deverá lhe fornecer, no mínimo, 400Kb de taxa instantânea (em qualquer medição) e 1.2Mb de taxa média (média mensal de várias medições instantâneas).

      Para saber se seu provedor está fornecendo um serviço de acordo com o estipulado, você pode usar a ferramenta Simet (link no artigo) ou a do EAQ (link no comentário acima, do Caio).

      Excluir
  4. OFICIALIZARAM E LEGALIZARAM O ROUBO AO CONTRIBUINTE...SE VOCÊ PAGA R200,00 POR 10MB E ELES FORNECEM SÓ 2MB QUE CUSTARIA R$40,00 VOCÊ ESTA FERRADO E NÃO PODE FAZER NADA PORQUE O GOVERNO APROVA SEU PREJUÍZO !!!É ASSIM... VOCÊ COMPRA UM VECTRA, ELES TE DÃO UMA BICICLETA E ESTÁ TUDO DENTRO DA LEI AGORA !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bem assim... hoje a maioria das pessoas não entende, mas existe um motivo histórico para essa situação. Infelizmente não tenho tempo para entrar em detalhes agora, mas talvez o faça em um artigo futuro...

      Excluir
  5. Ainda bem que tenho GVT e nunca tive problemas com traffic shaping e outras formas de corte.

    Aqui deu:
    Velocidade: 10.24 Mbit/s
    Latência: 18 ms
    Perda de Tráfego: 0.00%
    Banda Contratada: 10 Mbit/s

    Gostei do site, vou salvar nos favoritos. :D

    ResponderExcluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.