Editorial: quanto "Super" é o "Super HD"?

Super
(Foto: fengschwingCC BY-NC-SA 2.0)
A Netflix começou a divulgar seu "novo formato" de vídeo, denominado "Super HD". Segundo a empresa:
O Netflix Super HD proporciona uma melhor qualidade de vídeo sem nenhum custo adicional. Imagens fluidas de alta qualidade para filmes e séries de TV, que ficarão perfeitas na sua TV HD de 1080p.
Já publiquei um artigo explicando o que é o Netflix Super HD, mas gostaria de comentar minha opinião a esse respeito em um artigo à parte. Caso tenha interesse, continue a leitura (que inclui alguns detalhes técnicos e exemplos que você pode seguir para testar sua conexão).

eyeIO
Atualização: a confusão causada pelo termo "Super HD" alcança tanto usuários quanto a mídia. A Netflix sempre ofereceu suporte a "full HD" (1080p) em diversos aparelhos, desde que entrou no Brasil, e continua oferendo, independente dos provedores utilizados pelos usuários. O formato "Super HD" é também em full HD, porém com bitrates maiores, o que, em teoria, pode tornar a imagem um pouco melhor (se o vídeo for codificado novamente, a partir de uma versão sem compressão).

Para quem não sabe, imagens, áudio e vídeo em computadores geram arquivos enormes. Quanto maior o tamanho, maiores os custos de armazenamento, transmissão e processamento. Para reduzir o tamanho dos arquivos são empregados métodos de compressão. Infelizmente, os métodos que fornecem as maiores compressões reduzem a qualidade do material quando reproduzido, e é por isso que muitas empresas investem no desenvolvimento de novas técnicas de compressão que consigam preservar a qualidade do material.

Em dezembro de 2012, a Netflix passou a usar uma nova codificação em seus vídeos (eyeIO), reduzindo seus arquivos mas mantendo a mesma qualidade de imagem. Isto é importante para a Netflix (que reduziu seus custos) e para seus consumidores, principalmente os que possuem conexão de Internet lenta e/ou com franquia.

Com isso, a qualidade máxima (ou "bitrate") de vídeos em vários aparelhos (como no PS3) passou de "X-High/HD" (super-alta) para "High/HD" (alta), porém mantendo, em teoria, a mesma qualidade de imagem.

Netflix HD
Podemos concluir que se a Netflix usasse o eyeIO e o bitrate "X-High/HD" isto proporcionaria "A melhor qualidade de imagem da Netflix de todos os tempos". Ou seja, o formato "Super HD" provavelmente é apenas isso - o uso da tecnologia eyeIO junto com o maior bitrate fornecido anteriormente (ou bitrates superiores), mas a Netflix parece estar fazendo um apelo mercadológico muito mais forte do que o merecido (visto que a qualidade "High/HD" já havia ficado muito boa).

Será que a qualidade de imagem do "Super HD" é tão impressionante assim? Eu acredito que não. Para ser sincero, conheço muita gente que não percebe diferença de qualidade entre DVDs e vídeos de alta definição, e a diferença entre "High/HD" e "Super HD" certamente é muito mais sutil. Tenho certeza de que existem pessoas que talvez possam notar a diferença de qualidade fornecida pelo "Super HD", mas apenas em cenas específicas de alguns poucos títulos, e ficando muito próximos de uma tela de alta definição.

Então, qual seria o motivo desse apelo por parte da Netflix? Uma possibilidade evidente é atrair mais provedores de acesso para sua própria rede de fornecimento de conteúdo Open Connect, pois o "Super HD" está disponível apenas para provedores participantes da rede. Isto incentiva os clientes dos provedores a pressioná-los para aderirem ao Open Connect.

Infelizmente, embora a empresa possa ter sucesso nesse aspecto, notei, como efeito colateral, uma certa confusão entre os consumidores. Alguns acham ser necessário ter "Super HD" para ver títulos em HD (720p e 1080p), e que precisariam trocar de provedor e/ou equipamento para continuar a ver títulos em HD, o que não é verdade.

Também acredito que a última versão do aplicativo para PS3 (v. 2.11) esteja dando informações erradas, o que não ajuda a melhorar a situação. Para explicar o problema, primeiro preciso dizer que a página de verificação de "Super HD" informa que meu provedor (GVT) faz parte da Open Connect:


Em meu PS3, vários títulos aparecem como disponíveis em Super HD, como Se meu apartamento falasse e o clássico Example Short 23.976 (altamente recomendado - ao menos para testes). Contudo, ao executar o último e pedir para que sejam exibidas as informações técnicas (apertando o botão "select" no joystick ou "display" no controle remoto), obtive as seguintes informações, de acordo com o avanço progressivo do bitrate:
High/SD ou "Super HD"?
BitrateResoluçãoNome
235 kbps320 x 240Low/SD
1750 kbps720 x 480High/SD
2350 kbps1280 x 720Medium/HD
3000 kbps1280 x 720Medium/HD
3850 kbps1920 x 1080High/HD
4300 kbps1920 x 1080High/SD
Obviamente, não faz sentido chamar o bitrate de 4300 kbps de High/SD! Isto apenas irá gerar pontos de interrogação sobre as cabeças dos usuários... Espero que a Netflix atualize o aplicativo em breve para corrigir este e outros pequenos problemas.

Concluindo, não recomendo que ninguém no momento esquente muito a cabeça com o "Super HD", principalmente quem já consegue ver a Netflix em HD. Se ainda assim tiver muita vontade em testar seu sistema, visite a página de verificação de "Super HD" e utilize o Example Short 23.976 para testes - e não esqueça de compartilhar conosco os resultados em um comentário logo abaixo.

Atualização: havia esquecido de comentar que, pelo que vi na API, atualmente há 1.049 títulos com suporte a "Super HD", e 1.267 títulos com suporte a HD. Ou seja, mais de 80% dos títulos em HD já suportam o "Super HD".

60 comentários:

  1. Também tenho GVT e a página do Super HD diz que estou apto ao recurso.

    Porém acessando o example short, tanto pelo Chrome no Win 8, como pelo aplicativo próprio na Netflix pro Win 8, chega no máximo a 3000 kbps.

    Porquê?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa pergunta! Também encontro o limite de 3000 kbps ao usar um PC (com Windows XP ou Windows 8 Preview, em diversos navegadores). Tentei baixar o app oficial, mas ele não aparece no Windows Store (talvez por estar usando a versão preview do Windows 8)...

      Saberia dizer qual é a resolução de vídeo configurada atualmente em seu Windows 8? É HD, ou é uma resolução inferior?

      Excluir
    2. Também pensei nisso que você provavelmente pensou, que o netflix poderia tentar identificar a resolução máxima do equipamento que estava exibindo o vídeo, para então limitar a qualidade do vídeo a essa resolução máxima, não sobrecarregando a banda inutilmente.

      Por isso fiz o seguinte teste, conectei via HDMI o notebook a minha TV full HD e parametrizei a TV como única saída de vídeo, configurando a saída como 1080p (pelo program Intel Graphics and Media Control Panel. Pelas propriedades de vídeo do windows, verifiquei que o windows reconhecia a resolução máxima da minha TV e estava realmente configurada para tal.

      Portanto se o windows reconhecia, e o netflix de alguma forma pudesse buscar essas informações do windows, ele também haveria de reconhecer. Fiz o teste novamente e novamente limitou a 3000 kbps :\

      Agora faço uma pergunta pra quem consegue testar no PS3. Todos os títulos em HD conseguem rodar acima de 3000 kbps? Pois até onde entendi, não eram todos os títulos HD que iriam possuir essa resolução.

      Estou achando que na Netflix BR não existe nenhum título com essa resolução mas que em breve estará disponível, posso estar redondamente enganado, mas é impressão.

      Excluir
    3. Acho que esqueci de comentar que, pelo que vi na API, haviam 1.049 títulos com suporte a "Super HD", e 1.267 títulos com suporte a HD. Ou seja, mais de 80% dos títulos em HD já suportam o Super HD.

      Excluir
    4. Acessando através de navegador não vai ver nada em Super HD mesmo, pois é limitado a 720p.

      Agora, pelo app do Windows 8 deveria conseguir.

      Excluir
    5. Show! Uma dúvida, no PS3 esses títulos que a API diz que possuem suporte ao Super HD, possuem um logo com essa identificação?

      Li nessa página http://support.netflix.com/pt/node/8733#gsc.tab=0 que os filmes teriam essa identificação: "Se você possui um aparelho compatível e o seu provedor de Internet já está conectado à Open Connect, você poderá identificar títulos em Super HD pelo logotipo Super HD."

      Mas pelo aplicativo do Win8 ou pelo site via navegador, não vi esse logo em lugar algum :\

      Excluir
    6. Pelo visto, o logo só aparece em aparelhos que suportam "Super HD". No caso do PS3, o logo aparece na tela de navegação inicial (veja no artigo sobre "Super HD" um exemplo, do filme Se meu apartamento falasse).

      Excluir
    7. Consegui ver o filme Se meu apartamento falasse pelo app do win8. Realmente aparece a indicação Super HD no filmes e com o Ctrl + Alt + Shift + S pude comprovar que aparece as opções 3850, 4300 e 5800.

      Excluir
  2. Eu entendo que a diferença em 1080p e 720p seja pequena, mas para uma pessoa não ver diferença entre SD (DVD) e HD ou ela precisa de óculos ou está usando uma TV de tubo.

    Esse High/SD deve ser um erro, o estranho é o 3850kbps ser em 1920x1080.

    E acredito que o Open Connect seja uma forma da Netflix garantir que os provedores não pratiquem traffic shaping com seus servidores, pois se eles anunciam que é necessário ter 5 MB de conexão para ver em Super HD e depois o provedor não permite essa taxa o consumidor vai cair em cima da Netflix, até porque muitos desconhecem a pratica do traffic shaping

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No site da openConnect percebe-se que os requisitos também incluem a instalação de um hardware na rede da operadora, hardware esse fornecido pela Netflix.

      Acho que além de não fazer netflix, essa hardware que a netflix disponibiliza, pelo que li por cima, também inclui uma grande quantidade de memória em HD. Acredito que isso de alguma forma faça uma espécie de cache do conteúdo dos filmes da netflix até esse equipamento dentro da rede da operadora, e depois os usuários acessam os arquivos que estão na própria rede da GVT, ficando bem mais rápido.

      Excluir
    2. Sem dúvida o principal requisito é a instalação do hardware, para cache. Com isso a Netflix reduz (ou potencialmente elimina) o uso de redes de entrega de terceiros, como a Akamai.

      Excluir
  3. Esse teste feito não faz sentido.

    Quem garante que o "Example Short 23.976" estava sendo transmitido a 4300 kbps quando mostrou High/SD?

    Os dados de bitrate exibidos no Exemple Short fazem parte da própria imagem, eles seriam exibidos mesmo que o stream estivesse em 100 kbps.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem observado, Jhon - mas você está equivocado.

      Os vídeos da Netflix são codificados em diferentes bitrates, para que o reprodutor da Netflix mude de bitrate a depender da largura de banda disponível a cada momento. Portanto, para cada bitrate existe um arquivo de vídeo diferente.

      A Netflix aproveitou essa característica para criar esse título específico (Example Short 23.976, para fins de testes. Em cada arquivo desse título aparece, no canto superior esquerdo, os seus respectivos dados. Portanto, à medida em que o bitrate vai mudando, também muda a informação na tela. Reproduza o vídeo e verá como isto funciona...

      Excluir
    2. Como o Ricardo disso, você está enganado. Aquilo que é mostrado não é queimado (hard-coded) no vídeo, mas é atualizado de acordo com a banda. Funciona como um "recurso interativo".

      Excluir
    3. Quase isso, Caio. As informações em cinza, como os nomes dados a cada bitrate (Low/SD, Medium/HD, High/HD, etc.) aparecem como um overlay gerado dinamicamente pelo PS3, que pode ser ligado/desligado pelo usuário. Porém, as informações em amarelo ("Bitrate", "Res" e "PAR") estão realmente presentes nesse vídeo de teste ("hardcoded" ou "queimadas", como você citou). Como a Netflix utiliza diferentes arquivos para cada bitrate, e cada arquivo possui uma informação diferente gravada nele, você fica sabendo a qualidade do vídeo sem precisar de nenhum overlay (o que é ótimo, pois funciona em qualquer aparelho compatível com a Netflix).

      Excluir
    4. Mas informação queimada no vídeo realmente não pode ser modificada na exibição, é impossível. Você tá me dizendo que toda vez que a banda aumenta e atualizam o bitrate, é um vídeo diferente que adicionam? Em tempo real? Não acho que Netflix tenha tecnologia para isso, geraria engasgos e daria mais trabalho que colocar uma especície de "legenda" inteligente, que mostra informações diferentes conforme o bitrate vai aumentando.

      Excluir
    5. Bom, vamos tentar esclarecer por partes...

      A "informação queimada" não é modificada na exibição.

      Sim, toda vez que muda o bitrate, seu aparelho passa a reproduzir outro arquivo (ou "stream") de vídeo. Existem dezenas (ou centenas) de arquivos para um mesmo vídeo, com diferentes combinações de resoluções, PARs e bitrates, para oferecer a melhor qualidade de imagem possível em cada aparelho, sem muito desperdício de largura de banda.

      Mas a Netflix não "adiciona" um novo arquivo "em tempo real". Ao inserir um título no catálogo, eles criam antes todos os arquivos (cobrindo as diferentes possibilidades de aparelhos e faixas discretas de bitrates) de uma só vez. Dessa forma, a mudança de bitrate causa uma mera mudança no arquivo sendo enviado.

      Normalmente, todos os vídeos da Netflix possuem o mesmo conteúdo para cada bitrate - exceto este vídeo de teste. Cada um dos arquivos possui aquelas informações em amarelo, com um valor diferente para cada arquivo.

      No caso específico do Example Short 23.976, no meu PC, ele aparece com 8 opções de bitrate (você pode ver isso apertando Ctrl+Alt+Shit+S no PC, rodando o vídeo em uma janela - não funciona em tela cheia). Você pode clicar em "Manual Buffering" para selecionar um bitrate e voltar a reproduzir do início. Cada bitrate representa um arquivo... e a informação em amarelo muda com cada arquivo, simplesmente por estar "gravada" no arquivo sendo reproduzido.

      Excluir
    6. Não sabia mesmo que os streams eram como arquivos diferentes, honestamente. o_o

      Vivendo e aprendendo, valeu cara. :D

      Excluir
  4. Exatamente como o Ricardo comentou. Se você usa o netflix pelo computador é só acessar esse 'filme' e ver que ele começa com um bitrate bem baixo e vai aumentando, e também se você força utilizar determinado bitrate, ele fica naquele bitrate.

    Funciona semelhante ao YT, que também possui os vídeos já gravados em 240, 480, 720, 1080 e etc em seus servidores, e você seleciona qual vídeo vai querer fazer o streaming para visualizar. No caso desses videos 'testes' do netflix, eles deixaram essa marca "d'agua" pra gente saber qual versão está sendo reproduzida. Só não entendi o que significa o PAR que é exibido? Alguém sabe?

    ResponderExcluir
  5. No meu NetCombo ainda não está disponibilizado o Super HD. Será que a Net está assim em todo o país? Estou em Brasília.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ontem esqueci de testar em casa, mas do jeito que a dona Net é, duvido muito que façam parte dessa tal Open Connect. Sou do Rio de Janeiro.

      Excluir
    2. Entrei em contato com a net e nem sabem explicar o que é isso

      Excluir
  6. No meu também não, interior de São Paulo, Valinhos.

    Cleber

    ResponderExcluir
  7. O Super HD consiste, na verdade, em duas novas faixas de bitrate: 4300 e 5800 kbps.

    Um usuário do AVSForum postou uma captura de tela em que é possível ver as taxas disponíveis para streaming no app do Windows 8 rodando um filme em Super HD.

    A imagem pode ser vista aqui e a postagem aqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Caio! Aqui não chegou a 5800 kbps, mas talvez chegasse, se deixasse o vídeo rodar mais algum tempo.

      Vou ser bem sincero - vi um filme do 007 em "Super HD"... e me pareceu ser exatamente idêntico ao HD. Absolutamente nenhuma diferença perceptível, mesmo observando os defeitos gerados pela compressão em áreas escuras / com texturas e detalhes pronunciados. É como se tivessem codificado o vídeo "Super HD" a partir do HD!

      Excluir
    2. Pelo que li de relatos até agora, o Playstation 3 executando a versão 2.11 do app do Netflix não chega no stream de 5800k.

      Excluir
  8. Aqui ainda não aparece o selo do superhd (uso uma tv samsung 42 full hd e o aplicativo o netflix do smart hub). Mas fiz o teste do provedor e diz que já está diposnivel. Será que o app não vai atualizar ?

    fiz o teste do "Example Short 23.976" e olhem o que apareceu
    http://i.imgur.com/zfIdO.jpg

    1080 - 5800

    como pode?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Omar, quanto a isso não se preocupe: se o vídeo tem um bitrate de 5800 kbps, você tem acesso a vídeos em "Super HD", na qualidade mais alta!

      Excluir
  9. A Mulher Biônica tá rodando em Super HD aqui (5800). Testei pelo aplicativo do Windows 8.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você matou a charada, Marcelo - precisa ser super-herói p/ rodar em "Super HD" no Windows 8! :D

      Excluir
  10. Tenho conexão da GVT de 15MB, nem no meu PS3 e nem no meu PC que WIN8 PRO, está rodando em SUPERHD, e para piorar no meu PS3 que sempro rodou o NETFLIX no X-HIGH/HD, agora só está rodando no HIGH/SD, que porra é essa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Júnior, desligue o micro e relaxe. Depois, com muita calma, ligue-o novamente e leia o artigo inteiro. Aproveite e leia todos os comentários. Tenho certeza de que então irá entender...

      Excluir
  11. Sim, o principal interesse do Netflix ao lançar o Super HD é conseguir mais apoios com as provedoras de internet para que o serviço chegue na casa das pessoas de forma mais suave e completa possível.

    Mas como o objetivo do Netflix é alcançar a todos, um bitrate maior com certeza apela a mais entusiastas de tecnologia e pessoal com foco na qualidade. A qualidade era boa no geral, mas precisava de muito feijão-com-arroz pra fazer esse pessoal largar de mídia originais, ou downloads (legais ou ilegais). Posso dizer por mim mesmo que já vi filmes nele, mas nunca os de ação ou com fotografias aclamdas por aí, porque ainda não estava satisfeito com a qualidade dele.

    Eu notei a melhora depois da atualização, mesmo que só tenha lido sobre o Super HD depois disso. Os episódios de Parks e Recreation ficaram mais detalhados, principalmente a abertura, que tava mais gravado na memória. Então mais bitrate é sempre bem-vindo, ainda que a maior parte do público não note.

    Isso de aparecer High/SD é chato mesmo, eu encuquei na primeira vez que vi, mas logo percebi que a qualidade estava maior que antes, não menor. Precisam corrigir logo esse bug aí.

    Quanto ao selo de 3D no vídeo de teste, você viu? Aqui aparece mensagem de erro se escolho a opção, mas pelo menos é sinal que tá tudo pronto por aqui também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caio, qual o aparelho / versão de software onde você viu o logo 3D? Aqui no PC não aparece, e não lembro de ter visto no PS3 quando eu testei...

      Excluir
    2. Só no PS3 apareceu, depois que atualizei (acho que 2.11).

      Veja a foto: http://i.imgur.com/iBpWW.jpg

      Excluir
    3. Ah, sim... para ser sincero, não lembro mais se vi ou não, mas é possível que tenha aparecido. Valeu pela imagem!

      Excluir
    4. Todos os vídeos de teste são com nome "example"? Queria ver se tem algum em 3D funcionando, mas parece que só esse mesmo tá com 3D ativado.

      E as imagens mostrando que não abre: http://i.imgur.com/5xWGu.jpg + http://i.imgur.com/wQXiZ.jpg

      Excluir
  12. Alguem teve problemas com a nova versao do app (2.11) para PS3 ? Instalei hoje e não consigo passar de 1750 kbps (High/SD) nem por decreto. Na versao anterior sempre assisti em Medium/HD.
    Ja verifiquei a velocidade da rede e esta OK.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em qual vídeo você notou isso? Chegou a confirmar o bitrate com o Example Short 23.976?

      Excluir
    2. Fiz agora o teste com o Example Short 23.976. No PC chegou a 3000 kbps. Mas no PS3 não passa de 1050. Vou tentar voltar a versao do App.

      Excluir
    3. Se usa Wi-Fi no PS3, a lista de possíveis problemas é enorme... se a conexão é via cabo de rede, reiniciar o modem / roteador, trocar o cabo de rede ou alterar a porta no roteador são testes simples que, talvez, tragam algum resultado positivo.

      Excluir
  13. Assisti Sherlock (excelente seriado, fica a dica pra quem não viu) em Super HD e não reparei nenhuma mudança significativa para o HD. Mas fiquei impressionado como o filme rodou liso, deve ser efeito dessa Open Aliance.

    ResponderExcluir
  14. Alguém pode me dizer que no ano passado eu já tinha suporte ao super hd mesmo antes de eles existir e agora não tenho mais ?

    veja imagem em 11/2012

    http://imageshack.us/photo/my-images/507/win8a.png/

    Depois da pane Natal o Neflix nunca mais foi o mesmo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É possível que esse tipo de coisa aconteça. Antes de lançar alguma novidade, a Netflix costuma realizar testes com grupos aleatórios de usuários. Pelo visto, você havia sido um dos "sorteados"...

      Você acessou a página de teste de "Super HD"? Qual foi o resultado?

      Excluir
    2. Resultado é que meu provedor não esta habilitado e o máximo que consigo agora 3850 em todos filmes com win8 .

      Ou seja eu era rápido para eles e agora eu fiquei lento.

      Excluir
    3. Poderia nos dizer qual é o seu provedor, e a velocidade de acesso contratada?

      Certamente vários provedores poderiam fornecer "Super HD", mesmo sem fazer parte da rede Open Connect, porém a atual política da Netflix não permite isto. O que ela quer é que você entre em contato com seu provedor e peça a eles para fazerem parte dessa rede...

      Se você tiver muito interesse, talvez valha a pena escrever e/ou ligar para seu provedor. Por outro lado, eu duvido que exista uma diferença de qualidade significativa entre o 3850 que você já tem e o 4800 que você tinha anteriormente. Se você tiver uma TV de 60"+ com 4k de resolução, se a Netflix realmente recodificou todos os vídeos a partir de uma matriz original sem compressão, e se você tiver visão 20/20, então é possível que você sinta uma ligeira melhora com o uso do "Super HD"...

      Excluir
    4. Meu provedor é Vivo fibra velocidade 60 mega download 10 upload.
      Plano era 30 mega recebo o dobro promoção.

      http://www.speedtest.net/result/2449588786.png

      Excluir
  15. Sou de SP capital, e aqui a NET já está fazendo parte do Open Connect, mas infelizmente eu não tenho nenhum aparelho compativel com o SuperHD =/

    Mas saiba que a NET e a Vivo já estão se mexendo. A fibra da Vivo para algumas pessoas aparece.

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho uma duvida e ficarei muito feliz se vcs puderem ajudar! Eu tenho uma smart tv philips que jah utilizo o netflix e aparece como em HD diversos titulos, minha conexao eh vivo 8 mb! Pra mim não parece super hd, eu tenho q atualizar algum software da tv? Ou eh conexao?

    ResponderExcluir
  17. Ola. Aqui acontece um fato curioso. Tenho uma tv samsung da serie ES, e pelo aplicativo aparece superhd a 3850 kbps no maximo. Estranho nao? No appletv 3a gen ao aparece HD a 3850 e no ps3 a mesma coisa tambem (hd). Aqui em guarulhos, a net nao esta no open connect pela pagina de teste. O que acontece??? Tudo cabeado.

    ResponderExcluir
  18. Amigo, eu tinha a oi e não era apto para a super hd, e a imagem era boazinha tipo 720p, agora coloquei a gvt e a coisa mudou muito, tenho quase certeza que está em 1080, a imagem em super Hd melhorou muitoooo. Tenho uma tv Lg 47ls5700 led full hd, a imagem é showww, dá muita diferença sim!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ao mudar de provedor, sua conexão deve ter melhorado a ponto de suportar vídeos em alta definição (HD) pela Netflix.

      A diferença de SD para HD é grande, e de 720p para 1080p pode ser bem perceptível, porém a Netflix já disponibilizava vídeos em 1080p ("full HD") antes de fornecer "Super HD", que também é em 1080p, e cuja única vantagem é utilizar uma compressão ligeiramente menor.

      Quero dizer que a diferença entre "full HD" e "Super HD" é, na prática, imperceptível na maioria dos títulos pela maioria dos usuários.

      Excluir
  19. Infelizmente sou paranóico com qualidade de vídeo, e não consigo engolir ainda esses bitrates oferecidos pela Netflix. Sou assinante do serviço, mas sempre com um pé atrás, acho que fiquei mal acostumado com os releases 720/1080p aos montes aí pela net.
    Pra mim, qualquer coisa abaixo de 5 Mbps para 720p ou 8.5 Mbps para 1080p não é imagem HD satisfatória.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. William, bitrate está longe de ser o único fator a influenciar a qualidade de som ou imagem em arquivos digitais. E realmente só existe uma prova definitiva: a dos olhos. Qualquer análise de compressão lossy deve levar em conta a percepção do material sendo reproduzido, e isso certamente varia de acordo com cada pessoa.

      Além disso, não acho que faz sentido comparar a qualidade de material processado por profissionais com a de cópias piratas amadoras...

      Excluir
  20. Ricardo quando assisto algum filme na netflix aparece a resoluçao 1080sd.Sera algum erro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gilson, parece que em alguns aparelhos a Netflix realmente mostra "1080 SD" - talvez com SD, nesse caso, ela queira dizer "Super HD". E se for isso mesmo é, no mínimo muito confuso (deveriam usar "1080 SHD" ou algo parecido)...

      Excluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.