Atualização de 11/05/2016

Oito títulos chegaram hoje à #Netflix.


Veja a seguir a lista com todas as atualizações.

As últimas novidades são:
(2016) Chelsea (1 eps.)
(1980) Cheech e Chong atacam novamente
(1998) Irresistível paixão
(1989) K-9 - Um Policial Bom Pra Cachorro
(2001) O Retorno da Múmia
(1995) Pelotão em apuros
(2010) Predador Ártico
(1991) Um sonho chamado Fred

O catálogo da Netflix no Brasil possui hoje:
3.140
filmes
+605
séries
= 3.745
títulos
 
+26.009
episódios
=29.149
vídeos
3.140 filmes cobrindo 10 décadas:
1920-1929:     1 ( 0%) =
1930-1939:     3 ( 0%) =
1940-1949:     2 ( 0%) =
1950-1959:    17 ( 0%) =
1960-1969:    44 ( 1%) =
1970-1979:    57 ( 1%) =
1980-1989:   151 ( 4%) ===
1990-1999:   329 (10%) ======
2000-2009:   954 (30%) ================
2010-2016: 1.582 (50%) ==========================
605 séries (considerando o ano do ep. mais recente de cada série) cobrindo 5 décadas:
1970-1979:     2 ( 0%) =
1980-1989:     5 ( 0%) =
1990-1999:    41 ( 6%) ====
2000-2009:   187 (30%) ================
2010-2016:   370 (61%) ===============================

Obs.: estas informações foram obtidas com a Netflix e não posso garantir que sejam precisas. Títulos listados como "novos" poderiam já estar disponíveis, mas só foram detectados por meu software recentemente. Ao pairar o cursor do mouse sobre um título serão mostradas informações sobre o mesmo. Paire o cursor do mouse sobre o balão para ver os idiomas das legendas. Os links dos títulos apontam para o site da Netflix, e para abrí-los é preciso ser cadastrado e ter feito o login. Informações alteradas após esta publicação não serão atualizadas, confira a página principal do blog ou o site da Netflix para informações atuais.

13 comentários:

  1. Poxa o talk show da Chelsea não está dublado :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vitor, creio q como serão 3 episódios semanais e por ser um talk show, provavelmente não será dublada... Até pq muitas das piadas e termos usados no programa não teriam uma tradução literal, o que tiraria a graça do show... Mas enfim, é apenas o que eu acho... Vai q a Netflix nos surpreende né! ;)

      PS: eu particularmente prefiro tudo com idioma original e legendas, mas muitos dos meus amigos só curtem dublado, te entendo!

      Excluir
    2. Quanto ao tamanho da legenda, caso não cheguem a dublar, pra que vc não perca o programa (que está fantástico, diga-se de passagem), só acessar as configurações através do seu PC e aumentar o tamanho da legenda, pode colocar um fundo de outra cor, mudar o tipo de fonte... Talvez com uma customizada, vc consiga driblar a dislexia um pouco :)
      Abraços!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio, qualquer um tem o direito de preferir assistir a algo dublado ou legendado, e não acho que cabe a ninguém julgar ou desacatar essa preferência.

      Excluir
    2. Obrigado pelo apoio Ricardo.
      Eu tenho dislexia, resumindo = dificuldades na leitura e escrita. Para ajudar também sou míope, então a visão não ajuda muito também.
      Ler legendas pequenas e rápidas pode acabar sendo uma dificuldade para mim e muitos outros, por isso a preferencia por conteúdos dublados.
      Abraços.

      Excluir
    3. Vitor, creio q como serão 3 episódios semanais e por ser um talk show, provavelmente não será dublada... Até pq muitas das piadas e termos usados no programa não teriam uma tradução literal, o que tiraria a graça do show... Mas enfim, é apenas o que eu acho... Vai q a Netflix nos surpreende né! ;)

      PS: eu particularmente prefiro tudo com idioma original e legendas, mas muitos dos meus amigos só curtem dublado, te entendo!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fábio, você está generalizando: há muitos motivos para alguém preferir um título dublado a um legendado, certamente não é só por "preguiça".

      Se sua preferência é por filmes legendados (assim como é a minha), sua crítica deveria ser dirigida aos cinemas e distribuidores. Chamar alguém de "preguiçoso" e tentar imbuir nele a culpa por haver menos filmes legendados no mercado é, no mínimo, desnecessário e nonsense.

      Você tem o direito de pensar o que quiser, mas este espaço não foi criado para insultos. Como aparece sob o formulário de comentários, "Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes". Você acha que chamar alguém de preguiçoso não é ofensivo?

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Recomendo que entre em contato com a Netflix, via telefone ou chat, para que registrem seu pedido.

      Excluir
    2. Já entrei em contato e já pedi tanto... Ja pedi até para amigos fazerem isso também kkkkk

      Excluir

Reservo o direito de não publicar ou remover comentários ofensivos ou irrelevantes.

Ao invés de perguntar quando chega um novo filme ou temporada de série, consulte a última lista de futuros lançamentos.